REUNIÃO ENTRE ADMINISTRAÇÃO E REPRESENTANTES DA COMUNIDADE ÁGUA BRANCA MARCA INÍCIO DAS OBRAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Nesta segunda-feira (01-04), iniciam os trabalhos de instalação da rede de água para as famílias que residem na Comunidade Água Branca. Em reunião realizada na noite de quinta-feira (28/03), na Câmara de Vereadores de Guabiju, entre Administração Municipal e representantes da Comunidade, foram debatidos assuntos sobre o início e andamento da obra, que beneficiará cerca de 30 famílias da localidade.

Grande parte do material, adquirido com recursos próprios do município, já está pronto para ser utilizado. No total, são 15 mil metros de cano, que serão distribuídos até na frente das residências.

Para o prefeito Diego Vendramin, o esforço do Poder Público juntamente com os representantes da Comunidade é para que este problema seja resolvido de forma definitiva e que todos possam ser beneficiados com o direito de ter água de qualidade em casa. “O projeto de rede de abastecimento de água visa atender as necessidades diárias dos moradores, desde a dona de casa até o trabalhador e as crianças. Reduzindo assim, os riscos para a saúde e melhorando as suas condições de vida “, destacou.

A estrutura de material que será instalada, parte de um projeto inicial executado desde o início de 2017, quando no poço perfurado foi possível encontrar água de ótima qualidade. A nova rede de água terá uma extensão de aproximadamente 15 km.

Fotos e texto: APMG

 

Trabalhos de recuperação das cascalheiras

O material utilizado para os trabalhos de reparos e aprimoramentos nas estradas guabijuenses, depende muito do planejamento e horas de máquinas nas cascalheiras. Em 2017 foram licenciadas sete. A maior parte do cascalho, muitas vezes, é doado pelos produtores e proprietários de terras do município.

Durante 2018, com a finalidade de reaproveitar os espaços esgotados de material e que não servem mais para a retirada do cascalho padrão para as estradas, a Secretaria de Obras realizou o trabalho de recuperação das cascalheiras.

Assim, é possível que os produtores possam, novamente, utilizar o solo para produção de pastagens e cereais.

Secretaria de Obras realiza trabalhos de melhorias nas estradas da Linha Campestre

No final de 2018, a Secretaria de Obras, realizou trabalhos de cascalhamento, alargamentos e roçadas na estrada que faz ligação à Comunidade Campestre. Os percursos foram totalmente reparados, dando maior segurança, agilidade e condições de trabalho aos produtores que fazem uso da via.

O planejamento e execução dos trabalhos feitos nas estradas do interior tem sido uma das prioridades para a Secretaria de Obras. Desde 2017, quando grande parte das estradas foram cascalhadas e roçadas os trabalhos foram aprimorados em todos os lados do município.

Em períodos como o da safra, quando muitas cargas de cereais são transportadas pelos caminhões, as estradas ficam deterioradas, o que dificulta o processo de escoamento da colheita.  Sendo assim, a maior parte dos trajetos que fazem a ligação entre as comunidades recebeu reparos, reparos, roçadas e sinalização com novas placas.

Fotos e texto: AMPG

Entrega de Alevinos

A Secretaria de Obras em parceria com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente está realizando encomenda de Alevinos. A previsão é de que cerca de 18 mil sejam entregues até abril de 2019. A próxima entrega está prevista para o dia 28 de janeiro e pode ser encomendada até o dia 18, diretamente nas Secretarias ou pelo telefone 3272 1266.

Carpa Capim, Carpa Cabeça Grande, Carpa Prateada, Carpa Colorida, Húngara Espelho, Húngara Escamada, Lambarí, Jundiá Cinza, Piava, Pacu, Tilápia, Traírão, Surubim Pintado, Dourado, Grumatã e Piracanjuba são as opções de encomenda.

Cerca de 30 famílias foram beneficiadas pelo programa, com entregas realizadas em 2017 e 2018. Nesta etapa, que iniciou em novembro, com previsão de término no final de abril deste ano, a previsão é de que sejam realizadas mais 4 entregas.

Trabalhos de assistência na casa dos produtores

Como bom e grande produtor de leite, cereais e carne, Guabiju, necessita de um trabalho de muita atenção na zona rural, pois ela é a base da economia do Município.

A Secretaria de Obras e a da Agricultura e Meio Ambiente, sabem da importância no atendimento aos pequenos e grandes produtores. Por isso, disponibilizam serviços de máquinas em propriedades particulares.

O objetivo do trabalho é que todos possam ser bem atendidos e as demandas solucionadas com eficiência e qualidade.

Fotos e texto: APMG